endometriose

4 sinais da endometriose

A endometriose é uma doença que acomete, aproximadamente, entre 10% e 15% de todas as mulheres com idade entre 13 e 45 anos, ou seja, em idade reprodutiva.

Essa doença, a endometriose, é caracterizada pela presença do endométrio em regiões externas do útero, fora de sua cavidade, de forma que atinja assim outros órgãos, como os ovários, as trompas, o intestino ou a bexiga.

Isso acontece porque, em todos os meses, o endométrio se torna mais espesso, de maneira que possa alojar um óvulo fecundado na cavidade uterina. Quando não ocorre a gravidez, o endométrio passa por uma descamação, para que possa ser expelido do corpo com a menstruação.

No entanto, quando há a endometriose, essa descamação segue no sentido oposto, não sendo expelida pelo corpo, mas atingindo outros órgãos e gerando, assim, as chamadas lesões endometrióticas, resultantes da endometriose.

Assim, é importante se atentar aos sinais que podem indicar a presença da endometriose, de maneira que seu diagnóstico possa ser realizado de maneira mais rápida e para que o tratamento seja iniciado o quanto antes, minimizando os problemas dessa condição.

Principais sinais da endometriose

1. Dor intensa durante as cólicas menstruais

As cólicas menstruais são, normalmente, bastante incômodas para as mulheres, uma vez que geram dores fortes e incômodos que podem até impedir algumas atividades.

Porém, quando há a endometriose no organismo, essas dores são mais fortes e podem ocorrer de maneira ininterrupta, gerando, assim, incômodos ainda maiores. É comum também que a dor se estenda para o período da menstruação, quando o endométrio não é expelido do corpo.

2. Dor crônica na região pélvica

Outro sinal bastante comum de endometriose é a dor na região pélvica, uma vez que essa região é a mais afetada por esse tipo de problema, onde os ovários, as trompas e os órgãos próximos podem receber o endométrio que não é expelido corretamente do corpo.

Assim, a dor nessa região se torna crônica, pois, em todos os ciclos menstruais, a região pélvica é afetada pela endometriose, fazendo com que esse sinal se manifeste.

3. Sangramento menstrual irregular

Outro sinal característico da endometriose é a irregularidade no sangramento menstrual, uma vez que parte do que seria expelido nesse processo não segue o fluxo corretamente.

Assim, é possível que haja sangramentos com fluxo maior ou menor, acompanhados também das fortes dores e incômodos resultantes da endometriose.

4. Infertilidade ou dificuldade para engravidar

A dificuldade para se conseguir engravidar é outro sinal de endometriose, já que esse tipo de problema afeta de forma direta a fertilidade da mulher, assim como o funcionamento de todo o seu sistema reprodutor.

Em geral, cerca de 30% das mulheres que apresentam quadros de endometriose se tornam estéreis, não podendo, assim, engravidar por toda a sua vida. Dessa forma, caso não consiga engravidar e apresente outros sinais de endometriose, é necessário que seja realizado um exame mais aprofundado para diagnosticar o problema.

Quer saber mais? Clique no banner!

Powered by Rock Convert

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp